Desde o início da temporada, o Botafogo deixou claro que iria priorizar a disputa da Copa Libertadores. Mesmo com o fracasso no Carioca, o planejamento se mostra acertado, já que o Alvinegro lidera seu grupo na competição continental. E a boa campanha já começa a deixar os jogadores de General Severiano confiantes em trazer o título.

Marcelo Mattos, por exemplo, deixou claro seu otimismo nesta segunda-feira em entrevista à Rádio Brasil. O volante comparou o Botafogo ao Once Caldas-COL, campeão da Copa Libertadores em 2004 ao bater o tradicional Boca Juniors-ARG na grande decisão. A explicação é que assim como poucos acreditavam nos colombianos, o mesmo acontece com o Alvinegro na atual edição.

“O torcedor tem todo direito de cobrar, com certeza está muito chateado [pior campanha do Botafogo na história do Carioca]. Isso é normal. A gente fica triste, o torcedor queria ver o Botafogo nas semifinais, conseguindo dois títulos seguidos do Carioca. Infelizmente não ocorreu”, disse o volante do Alvinegro.

“Por outro lado, a gente tem a oportunidade de na Libertadores conseguir uma coisa que seria muito boa para eles. E eu começo a acreditar. Lá atrás teve o Once Caldas que ninguém acreditava e foi campeão. Podemos chegar longe, estou confiante nos jogos dentro de casa, o que é muito importante na Libertadores”, completou Marcelo Mattos.

E para chegar longe, Marcelo Mattos espera que o Botafogo fique com a primeira colocação do grupo para poder decidir seu futuro no mata-mata jogando no Maracanã – até agora foram três jogos com três vitórias no Rio de Janeiro.

“Primeiro objetivo é passar de fase, estamos enfrentando grandes equipes. Depois, fazendo uma boa campanha, vamos ter a segunda partida em casa (no mata-mata). Acredito na força dos jogadores e da nossa torcida. É uma coisa que a gente cobrava bastante do nosso torcedor, e estamos tendo esse apoio na Libertadores. É difícil falar de semifinal e final agora, mas acho que a gente pode chegar muito longe, sim”, concluiu.

Eliminado do Campeonato Carioca, o Botafogo terá bastante tempo para se preparar. O Alvinegro só voltará a campo no dia 2 de abril, quando receberá o União Española-CHI, no Maracanã. Em caso de vitória, o time de General Severiano garantirá com uma rodada de antecedência sua participação nas oitavas de final da Libertadores.

Fonte: UOL e Rádio Brasil