O ciclo de Vagner Mancini, no Botafogo, parece estar perto do fim. Mas o treinador não pensa e deixar o Glorioso com outro resultado que não seja uma vitória diante do Atlético-MG, no próximo domingo, no estádio Mané Garrincha. Sem ter o seu futuro definido pela nova diretoria Alvinegra, o técnico deixou claro que torcerá pelo retorno do clube à Série A.

“Mesmo sendo fora de casa o último jogo, temos que tentar mostrar alguma coisa que tentamos durante o ano para fechar de forma honrosa. Na próxima temporada, independente de quem estiver aqui, o fundamental é reestruturar o clube, replanejar. Em 2014, muita coisa foi feita errada e a prova disso foi uma campanha com mais derrotas do que vitórias. Uma instituição centenária, de história riquíssima, não pode passar por isso”, disse o treinador em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, no Engenhão. Mancini ainda falou sobre o que o Botafogo precisa fazer de diferente para não passar por um novo rebaixamento.

“A partir do momento que você chega ao fundo do poço, você tem que se reerguer. Não tem mais nada de ruim para acontecer no Botafogo, agora é sair lá de baixo, dar as mãos para que 2015 seja o recomeço do clube que tem uma história linda e precisa se recuperar e voltar à Série A, com time forte, estrutura bem montada, diferente do que temos hoje”, concluiu.

Fonte: O Dia Online