A segunda vitória do Botafogo no Campeonato Carioca teve dois destaques. Na defesa, Marcelo Benevenuto foi soberano. No ataque, Pedro Raul foi premiado com o gol no fim, porém foi e vai se tornando um pilar da equipe de Alberto Valentim.

Os números provam: de acordo com o Footstats, o defensor foi o maior ladrão de bolas do jogo: quatro vezes desarmou. Na outra ponta do gramado, o centroavante foi a referência para quase tudo que dizia respeito às jogadas do Glorioso. Até em certo excesso. Só no primeiro tempo foram oito cruzamentos.

De todo modo, são dois pilares que Alberto Valentim, que viu o centroavante se movimentar por praticamente todo o campo de ataque e ainda ser a referência dentro da área. Já o zagueiro fez o treinador se derreter em elogios.

– O Marcelo é um grandíssimo talento do Botafogo. Dotes físicos impressionantes. Mais maduro do que quando conheci, em 2018. Está melhorando a saída de bola e, fora de campo, está se aprimorando vendo vídeos de outros zagueiros. Isso é querer melhorar – revelou, antes de concluir:

– Não só o físico, o tático… ele se prepara para os jogos. Não é só a questão física dele. É como encara a carreira dele, o quanto ele quer melhorar a cada dia, dando salto de qualidade. Importantíssimo – concluiu.

Fonte: Terra