Ainda no primeiro tempo da vitória do Botafogo por 2 a 1 contra o CSA, o zagueiro Marcelo Benevenuto precisou ser substituído. Quase um mês depois, o jogador voltou a treinar sem limitações e tem boas chances de retornar ao time titular contra o Corinthians, às 18h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos. Joel Carli, suspenso, é desfalque.

– Venho trabalhando a parte física. Temos excelente profissionais no clube e acredito que estou 100% para corresponder à altura. Até o Lazaroni falou no treino de hoje para eu segurar um pouquinho. Eu disse: “Não posso segurar não (risos). Comigo é 100%”. Estou bem fisicamente sim para corresponder à altura do Botafogo – disse, em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Na época, Marcelo teve uma lesão muscular na coxa direita. Ele fará dupla ao lado de Gabriel na 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na competição, inclusive, o Botafogo tem 11 derrotas em 14 partidas do segundo turno, com apenas 10 gols marcados e 22 gols sofridos. O time já tem mais derrotas na segunda parte do campeonato do que em todo primeiro turno.

– Triste de falar de zona de rebaixamento. Pela grandeza do Botafogo, não era para estar nessa situação. Na última coletiva minha, não estávamos nem falando de rebaixamento. Agora corremos risco, mas isso não vai acontecer não. Estamos trabalhando durante a semana para mudar essa situação. Vamos buscar três vitórias por um fim de ano tranquilo – comentou.

Se o time passa por fase complicada, a torcida tem feito sua parte. O clube vem explorando diferentes promoções visando atrair o público e teve retorno: nas últimas quatro partidas do Alvinegro como mandante no Campeonato Brasileiro, a média do público aumentou em cerca de 30%.

– Torcida está fazendo a parte dele, tem dado show. Está faltando a gente corresponder demais. Quanto mais a torcida abraçar a gente, melhor para nós. Temos que corresponder a esse apoio do torcedor e dar um algo a mais – completou.

Fonte: Terra