A derrota do Botafogo por 1 a 0 para o Fluminense, no último domingo, no Maracanã, marcou o retorno de Marcelo Mattos ao time. Após seis meses parado, devido a uma cirurgia no quadril, o volante jogou o Clássico Vovô inteiro e disse ter ficado surpreso com seu desempenho.

“Fiquei bastante surpreso de conseguir jogar os 90, mas eu estava preparado para isso. Fiquei triste por não ter vencido, seria muito importante a vitória contra o Fluminense para o restante da competição. Para mim, se conseguíssemos fazer um gol contra o Flu, sairíamos vencedores. Ainda tem quatro jogos e nada está acabado. Vamos continuar a nossa luta para sair dessa situação difícil”, garantiu o jogador.

Marcelo Mattos continuou falando sobre a luta do Botafogo para não cair. A equipe precisa vencer as quatro próximas partidas para permanecer na Primeira Divisão. O camisa 5 vê os jogos como verdadeiras decisões para o time nesta reta final do Brasileirão e mira a primeira ‘final’ contra o Figueirense nesta quarta-feira, em São Januário, às 19h30.

“Se for ver, não precisa fazer muita conta, não. Para mim, todos são finais. Contra o Figueirense vai ser um jogo muito difícil. Talvez ele venha fechado e vamos ter que criar situações de gol. Se nós vencermos esse, depois contra a Chapecoense vai ser uma verdadeira final. Depois, teremos Santos e Galo. O primeiro não aspira nada e o segundo, espero que seja campeão da Copa do Brasil e chegue tranquilo no último jogo”, disse o experiente volante.

O Botafogo está na 18ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 33 pontos. O Coritiba é o primeiro time fora do Z-4, com 37 pontos.

Fonte: O Dia Online