O Botafogo se reapresentou na tarde desta terça-feira, no Nilton Santos, dois dias após sair do duelo contra o América-MG, fora de casa e pelo Campeonato Brasileiro, derrotado por 1 a 0. Na atividade do campo anexo do Nilton Santos, os titulares diante do Coelho estiveram presentes apenas no início – e, depois, seguiram para o habitual regenerativo.

O grande destaque do treino principal, que teve movimentação similar a de jogo, se deu pela presença de Marcelo. Emprestado pelo Maccabi Tel Aviv e sem atuar desde o dia 12 de abril, o volante de 23 anos retornou aos trabalhos junto aos companheiros, após um período na fase de transição e na fisioterapia. Ele vinha sendo titular de Alberto Valentim até sentir dores no joelho esquerdo.

Outro que retornou aos treinos sem limitação foi Ezequiel. Prata da casa, o jovem atacante também integrou a atividade – e, inclusive, caiu no mesmo time de Marcelo, que também contou com Caio Alexandre, Leandrinho, Rodrigo Pimpão e Aguirre do meio para frente. Ezequiel estava com um desconforto na coxa, sentido na partida de ida das semifinais da Copa do Brasil sub-20, contra o Corinthians, há pouco mais de uma semana.

Em contrapartida, o goleiro Gatito Fernández, que estava treinando com proteção no lesionado punho direito, sequer foi ao campo anexo nesta tarde, mas esteve na academia do clube.

Fonte: Terra