Em alta nesta reta final do Campeonato Brasileiro, Marcinho foi o personagem da entrevista coletiva desta quinta-feira, antes do treino do Botafogo no Estádio Nilton Santos. O lateral-direito, além de enaltecer que viveu o seu “melhor ano” na carreira, fez questão de sublinhar o quanto os outros jovens do time evoluíram.

– Tive um amadurecimento muito grande e acredito que todos os outros jovens do time também. Querendo ou não, chegaremos mais preparados para 2019 – disse, levando em conta Matheus Fernandes, Igor Rabello, Bochecha…

Marcinho, aos 22 anos, chegou a ser citado por Tite recentemente, o que o deixou mais em evidência. Este ano, passou a ganhar destaque ainda sob o comando de Alberto Valentim, no Carioca – ao todo, são 47 gols na temporada.

– De amadurecimento e crescimento, foi meu melhor ano. Percebi meus defeitos, o que tinha de negativo, consegui transformar isso em números. Falo defensivamente, onde vinha sendo muito cobrado, e dar retorno no que sou bom, assistências e parte ofensiva – salientou o lateral-direito.

Criado no clube da Estrela Solitária, Marcinho não quis projetar uma possível ida para o futebol europeu. A última partida do defensor e do Botafogo na temporada será neste sábado, contra o Atlético-MG, na Arena Independência.

Fonte: Terra