A criatividade é mesmo um dos principais problemas do Botafogo na temporada. Na derrota por 3 a 2 para o Internacional, no fim de semana, o técnico Eduardo Barroca decidiu usar o lateral-direito Marcinho no meio-campo. A resposta foi bem positiva. O jogador conseguiu melhorar a capacidade de criação da equipe e ainda anotou o segundo tento dos botafoguenses.

A boa atuação contra o Colorado abriu espaço para que Marcinho possa ser usado no meio, ainda mais porque Fernando, também revelado nas categorias de base, tem a confiança de Barroca para assumir a lateral.

“É uma possibilidade que a gente já vinha treinando, pois o Marcinho pode render bem no setor e o Fernando também vem treinando bem. Treinamos assim e isso foi positivo contra o Internacional. Infelizmente não tivemos tempo de buscar o terceiro gol”, disse Barroca.

Marcinho, que é meia de origem, vê com bons olhos a mudança.

“Comecei a minha carreira assim, sou meia de origem e graças a Deus isso fica na nossa memória. Estou no Botafogo para ajudar no que for preciso, independentemente da posição”, disse o jogador.

Com Marcinho no time, o Botafogo iniciou com um trabalho regenerativo nesta segunda-feira a sua preparação para o embate do próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o Atlético-MG no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Gazeta Esportiva