Só mesmo por estar em um grupo fraco, o Botafogo continua na liderança e na briga pela classificação. Mas, com um centroavante ridículo como Ferreyra, sem organização, dispersivo e com jogadores sem controle emocional, o time mostrou que só por milagre irá longe na Libertadores. O primeiro tempo do Botafogo foi horroroso com hesitações da defesa, um meio-campo sem imaginação e um ataque inexistente.

O Del Valle, apesar da mediocridade, jogava com mais intensidade, fez merecidamente o seu gol e poderia até ter aumentado a vantagem se os seus atacantes tivessem um pouco mais de pontaria.Nem mesmo a altitude ou o gramado em péssimas condições justificaram a apatia do Botafogo, hábito estimulado no Estadual.

No começo do segundo tempo, as coisas melhoraram um pouco com a melhor atuação de Lodeiro.Bastou forçar um pouco mais e Bolivar conseguiu o empate.Parecia o começo da virada. No entanto, duas expulsões a 20 minutos do fim comprometeram tudo. O Botafogo mostra que não está preparado para a Libertadores.

Fonte: Coluna do Márcio Guedes - O Dia Online