EM CIMA DA TORCIDA

As costas da torcida às vezes são muito largas e servem para que técnicos e dirigentes se justifiquem diante de fiascos ou esperem que ela salve as aparências. Veja-se o caso do Botafogo: na pelada contra o Boavista alguns torcedores protestaram com toda a razão no final e quase foram agredidos porque o técnico Hungaro achou um absurdo. Na outra ponta, o clube quer encher o Maracanã nos dois jogos da Libertadores para salvar as finanças. Será que vai ser atendido?

TARDE DE HORRORES

Por mais que o jogo não valesse nada para o Botafogo (e quase nada para o Boavista) o que se viu em campo irritou a torcida alvinegra porque o nome da instituição estava lá.Hungaro escalou um time aleijado em campo como se montasse um Frankenstein. Renan voltou a falhar, os dois zagueiros de área apanhavam da bola e no ataque Henrique era uma figura caricata. O pobre do Zeballos não sabia o que fazer diante de tanta ruindade.Pior ainda foi a falta de vontade.

Fonte: Coluna do Márcio Guedes - O Dia Online