A liderança da Série B do Campeonato Brasileiro dá ao Botafogo amplo favoritismo contra o Macaé, neste sábado, ainda mais porque a equipe do norte fluminense acumula duas derrotas seguidas nas últimas rodadas. Mesmo que o adversário esteja em baixa, o Glorioso prefere não desmerecer a campanha rival.

“O Macaé tem um bom time, e os últimos resultados não significam muita coisa. Se formos analisar, o Botafogo também vem de um tropeço em casa e isso não diminui em nada a nossa vontade de voltar a vencer. O grau de dificuldade será alto”, acredita o goleiro Renan.

O zagueiro Renan Fonseca segue a mesma linha de raciocínio, assegurando que o Botafogo não leva em consideração apenas os últimos dois jogos.

“O equilíbrio desta Série B está cada vez mais nítido. Favoritismo não quer dizer nada, nem mesmo o que aconteceu nas rodadas anteriores. Cada jogo tem se transformado em uma competição à parte e por isso mesmo a partida contra o Macaé se desenha complicada”, avalia o defensor.

Na visão do atacante Rodrigo Pimpão, os adversários sempre têm entrado ainda mais motivados contra o Botafogo.

“Será sempre complicado, e isto tem sido a tônica desta Série B. Perdermos pontos importantes contra o Boa Esporte, que está na zona de rebaixamento, e isso mostra que não teremos vida fácil contra o Macaé”, acredita o artilheiro da equipe na competição com cinco gols.

O trio que mostra-se preocupado com a partida será titular no sábado. As três mudanças em comparação à escalação usada contra o Boa Esporte serão as entradas de Andreazzi, Carleto e Diego Carvalho nas vagas de Diego Giaretta, Luis Ricardo e Diego Jardel.

Fonte: ESPN.com.br