Zé Ricardo tem contrato com o Botafogo até o fim de abril. O curto período de vínculo, no entanto, não parece incomodar o treinador ou o próprio clube. Com ótima relação e um sentimento de confiança mútuo, técnico e diretoria já trabalham juntos no planejamento do Alvinegro e na montagem do elenco para a próxima temporada.

O treinador, inclusive, tem participado na indicação de jogadores para serem contratados. Alan Santos, volante revelado pelo Santos e que teve passagem pelo Coritiba, foi um dos nomes sugeridos. Ele está fechado com o Botafogo e aguarda liberação do Tigres do México, com o qual tem contrato.

Zé Ricardo, portanto, não tem qualquer pensamento de deixar o Botafogo. A não renovação de contrato até o momento é vista como apenas algo pequeno e de pouca importância.

O tom adotado nos bastidores é o mesmo utilizado pelo próprio Zé Ricardo ao ser apresentado pelo Botafogo, no início de agosto. Na oportunidade, o treinador deixou claro que o documento não era algo tão importante como a relação de confiança existente.

“O clube me deixou bem à vontade. Acho que é um período bom para desenvolver o trabalho e quem sabe aumentar. O tempo de contrato é o que menos importa. Quando a gente estabelece uma relação de confiança, o contrato fica em segundo plano”, disse Zé Ricardo, em sua apresentação em agosto.

O Botafogo ainda não tem data de reapresentação, e a pré-temporada deverá ocorrer no Nilton Santos – o campo anexo passa por reformas para suportar e oferecer melhores condições. Isso porque o centro de treinamento do clube ainda não ficará pronto a tempo para o período de preparação para o ano de 2019.

Fonte: UOL