Admirados pela torcida do Botafogo, os irmãos Moreira Salles não vão liderar a Botafogo S.A, projeto de clube-empresa para separar o futebol das demais áreas e permitir o aporte de investidores. Apesar da notícia de que eles não pretendem mais investir no Glorioso, o ex-presidente Carlos Augusto Montenegro não vê assim.

Segundo o ex-dirigente, os irmãos não estarão à frente do processo, mas podem sim participar futuramente como investidores.

— Eles já ajudaram muito o Botafogo no passado. Estão concluindo o Centro de Treinamento que é um órgão fundamental para o futuro, mas eles não têm interesse em estar à frente deste projeto. Zero interesse. Não é uma decisão definitiva. É definitiva a decisão de não pilotar qualquer projeto, mas de ser um dos investidores, em tamanho bem menor, eles podem um dia querer ser – afirmou Montenegro à Rádio Brasil.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Brasil