Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Montenegro é contra redução salarial dos jogadores do Botafogo em março

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Carlos Augusto Montenegro na reunião do Conselho Deliberativo para aprovar a Botafogo S/A
Reprodução/Botafogo TV

O bom momento financeiro do Flamengo fez com que o clube rubro-negro saísse na frente dos rivais do Rio de Janeiro diante da paralisação do futebol brasileiro por conta da pandemia do novo coronavírus. A cúpula decidiu pagar os salários dos jogadores referentes a março sem redução. Botafogo, Fluminense e Vasco, com dificuldades na questão monetária, ainda não definiram o que fazer e terão reuniões nos próximos dias para debater o assunto.

No Alvinegro, há uma reunião agendada para acontecer entre os dirigentes, nesta terça-feira, através de videoconferência, e um dos assuntos em pauta será a redução ou não dos salários dos jogadores referentes a março. Carlos Augusto Montenegro, um dos integrantes do Conselho do Futebol, disse em contato com a reportagem do jornal O Dia que é contra a medida, mas é algo que precisa ser discutido e que depende da anuência do presidente Nelson Mufarrej.

No Vasco, os jogadores ainda não foram comunicados da decisão, que será tomada ao longo desta semana. Um dirigente foi procurado, mas disse que o assunto está sendo debatido entre o vice-presidente Carlos Leão e o presidente do clube Alexandre Campello e não tem previsão de desfecho.

No Fluminense, a situação é semelhante. Os jogadores ainda não foram comunicados da decisão e aguardam pelo desfecho o quanto antes. Há atleta que, ciente da dificuldade financeira do Tricolor, que inclusive está atrasando salários, está aflito em relação ao período que o futebol ficar parado por conta da pandemia da Covid-19.

Com relação ao período que os jogadores terão que ficar de quarentena, os quatro clubes tomaram a mesma decisão e decidiram dar 20 dias de férias, contando a partir do dia 1 de abril, e tem data de reapresentação para 21 de abril.

A CBF marcou uma reunião com os clubes para o dia 7 de abril, e as pautas do encontro são direitos internacionais: análise e deliberação das propostas recebidas, tabela de distribuição por perfomance – grupo Globo: repactuação da divisão dos valores e início das discussões sobre calendário.

Fonte: O Dia Online

Notícias relacionadas
Comentários