Contratado pelo Botafogo por empréstimo em negociação que levou Igor Rabello para o Atlético-MG, Gabriel foi o principal jogador do Glorioso em 2019. Com atuações firmes e seguras, ele conquistou seu espaço. Porém, há uma cláusula que pode levá-lo de volta ao Galo em 2020 e há a possibilidade de venda. O Bragantino/Red Bull é um dos interessados.

Com o Botafogo em compasso de espera pelo projeto de clube-empresa, ainda não há uma definição se haverá investimento no zagueiro. O ex-presidente Carlos Augusto Montenegro elogiou Gabriel, mas deixou a questão nas mãos da Botafogo S.A.

— Ele até foi muito bem, mas quem deveria estar falando isso é a empresa que comprar que vai dizer se quer que ele fique, quem que vai contratar, qual vai ser o tamanho da folha. Isso é personalismo. Claro que o Gabriel é um jogador que vai interessar sempre, mas eu estou torcendo para todas as coisas darem certo e o Montenegro não ter que falar mais do Gabriel, do José, do Antônio, de folha de pagamento. O Montenegro vai para arquibancada que é o lugar dele – afirmou o ex-dirigente à Rádio Brasil.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Brasil