Ex-presidente do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro mostrou-se a favor de uma administração independente do Engenhão. O ex-cartola criticou o estádio e disse que dificilmente ele gerará lucros novamente para o clube.

– O Botafogo fez um favor para a Prefeitura do Rio de Janeiro ao ficar com o Engenhão, pois é um elefante branco. O único momento que o Engenhão foi rentável foi quando o Maracanã esteve fechado, pois nesse período todos os grandes do Rio jogavam lá – afirmou o dirigente ao Lancenet!.

Fonte: Redação FogãoNET