A história do técnico Caio Jr no Botafogo começou em março de 2011 e durou 8 meses. Substituindo Joel Santana que pediu demissão. Caio Jr mudou a maneira de jogar do alvinegro e obteve e com isso resultados positivos no Campeonato Brasileiro, mas, não conseguiu boa participação na Copa do Brasil e Sul-Americana onde em ambas competições o alvinegro carioca foi precocemente eliminado.

O paranaense Luiz Carlos Saroli, mais conhecido no meio futebolístico como Caio Jr chegou ao Botafogo em 2011, retornava ao Brasil depois de dois anos no Al Gharafa do Catar. Na sua trajetória profissional também trabalhou no Paraná (2002-03 e 2006), Cianorte-PR (2003-04 e 2005), Londrina-PR (2004), Gama (2005-06), Palmeiras (2007), Goiás (2008), Flamengo (2008), Vissel Jobe-JAP (2009).

Sua chegada ao Botafogo se deu após a saída de Joel Santana que muio desgastado com a torcida pediu demissão. Caio Jr fez modificações na forma do time jogar, deixou o time mais equilibrado, mas, o inicio não foi tão bom, pois no Campeonato Estadual do Rio de Janeiro a equipe comandada por ele não foi bem, sendo eliminado na taça Guanabara para o Flamengo e ficando de fora das semi-finais da Taça Rio.

No segundo semestre, o Botafogo treinado por Caio Jr alternou bons e maus momentos. Fez boa campanha no Campeonato Brasileiro (até as 10 últimas rodas), fazendo a torcida sonhar com a possibilidade de chegar ao título ou mesmo a uma vaga na libertadores, mas, a escolha de poupar os jogadores titulares, na Copa Sul-americana, acabou resultando na eliminação da equipe para modesto Santa Fé, da Colômbia e a eliminação precoce na Copa do Brasil. Deixou a situação do técnico no clube muito delicada. Até o que estava transcorria bem, teve uma mudança de quadro, o time até então vinha bem, conseguindo vitórias importantes, mudou de situação e passou a perder muitas partidas, para se ter uma ideia, na reta final do Brasileirão de 2011, perdeu 7 dos 9 jogos que disputou. Diante desse quadro ficou complicado para diretoria, que na ocasião comanda da pelo Anderson Barros, manter o técnico no comando da equipe e por isso, Caio Jr teve sua passagem encerrada pelo Botafogo. Caio Júnior foi dispensado do Botafogo após comandar o time em 47 jogos, sendo 21 vitórias, 12 empates e 14 derrotas, um aproveitamento de 53,2% dos pontos conquistados.

Caio Jr foi um técnico inteligente e muito educado, montava times organizados e equilibrados, conseguia manter uma relação de extremo profissionalismo e respeito com todos os jogadores, bom exemplo, foi a sua relação com Loco Abreu que era conhecido por seu posicionamento forte e questionador, mas que na passagem de Caio Jr foi de profícuo companheirismo. O atacante uruguaio não apenas conquistou o lugar de capitão, como também era ouvido acerca da forma como Caio Jr iria montar a equipe.

Fonte: Torcedores.com