Os dois jogos seguidos sem vencer, em especial a derrota na rodada passada, no clássico diante do Fluminense, não apenas acirraram os ânimos de parte torcida do Botafogo, como ligaram um alerta no clube. Se não vencer o Sport nesta quarta-feira, em Recife, o time de Jair Ventura corre o risco de sair do G-6 do Brasileiro.

Ainda que não reforce o Alvinegro logo mais, a volta de Roger aos treinos, ontem, depois de um mês e meio afastado, pode ter sido a injeção de ânimo que a equipe precisava para reencontrar o caminho das vitórias. Artilheiro do time no campeonato, com dez gols, o atacante está recuperado da cirurgia de retirada de um tumor no rim.

Curiosamente, o Botafogo não vence como visitante desde o último jogo de Roger: o 3 a 2 sobre o Coritiba, com um gol dele, no dia 24 de setembro. Desde então, foram dois empates e uma derrota fora do Nilton Santos.

Novo tropeço hoje e uma vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro, na Ilha do Urubu, significarão a saída do Alvinegro do G-6, já que apenas um ponto separa os dois rivais cariocas. Para esta partida, Jair contará com o retorno de João Paulo, que cumpriu suspensão na derrota para o Fluminense. Marcos Vinicius deve voltar para o banco de reservas.

Se o momento do Botafogo não é dos melhores, o do Sport é ainda pior. Primeiro time fora da zona do rebaixamento, o Rubro-Negro pernambucano vem de duas derrotas e dois empates.

Fonte: Extra Online