Abraçar o Botafogo é o objetivo e o prazer de um grupo de amigos alvinegros de Nova Friburgo. O projeto para incentivar o cadastramento de novos sócios torcedores para o clube carioca ganhou força, repercussão e cruzou as divisas do estado do Rio de Janeiro. Depois de Sumidouro, a pequena Aperibé, no Noroeste fluminense, receberá o evento Abrace o Botafogo no próximo dia 21, no Clube dos 40, a partir de meio-dia.

As atrações principais, além do churrasco, apresentações musicais e sorteios de brindes, será a presença de dois grandes ídolos da história alvinegra: Maurício (autor do gol do título Carioca de 1989) e Gonçalves (zagueiro que, dentre outros títulos, conquistou o Campeonato Brasileiro de 1995 pelo clube).

“O nosso objetivo é exatamente esse. Ajudar o Botafogo, sem pedir nada em troca. É um movimento para tentar colaborar com a reestruturação do clube. Essa nova diretoria parece séria, e precisamos dar a nossa parcela de contribuição. E os eventos são válidos porque também conseguimos reunir amigos antigos, rever pessoas”, avalia Rafael Faustino, um dos idealizadores do movimento

A pequena Aperibé é reconhecida por ser um tradicional reduto de botafoguenses no estado do Rio de Janeiro. O município de aproximadamente 11 mil habitantes está localizado no noroeste fluminense, e basicamente possui a economia sustentada pela indústria formada por mais de uma dezena de Fundições, Confecções e Marmorarias, que respondem pela principal fonte de emprego. A paixão de boa parte da população pelo Botafogo levou à criação de um núcleo de uma torcida organizada, a Botachopp, e um bloco carnavalesco, o Aperifogo, que mobiliza cerca de mil pessoas durante o dia do desfile.

Dentre outras curiosidades, uma lenda existente no município é utilizada para ajudar a justificar o grande número de alvinegros. Na década de 60, um comerciante chamado Pedro Magno distribuía bala para as crianças, as desde que elas jurassem amor ao Botafogo. Em troca da guloseima, as crianças obedeciam. Muitas delas tornaram-se de fato torcedores do Glorioso.

Sucesso nas primeiras edições

O movimento Abrace o Botafogo surgiu no início do ano, quando Max Bill e um grupo de amigos tiveram a idéia de tentar ajudar o clube a trair novos sócios torcedores. Através das redes sociais, o grupo divulga as ações e os eventos realizados. A página do Abrace o Botafogo no facebook já conta com mais de 1.600 curtidas, e as postagens são visualizadas, em média por mil a 1.300 pessoas.

O primeiro evento acontece no mês de abril, no Clube Filó. Na primeira edição, 21 pessoas fizeram o cadastro no programa “Sou Botafogo”. Em Sumidouro, mais dez novos sócios foram cadastrados no plano de sócio torcedor do clube. Além disso, o grupo doou 50 bambus para a torcida Loucos pelo Botafogo e contribuiu com R$ 500 (dinheiro restante do evento) para o Projeto “Botafogo sem Dívidas”, iniciativa que tenta reduzir os débitos do alvinegro carioca.

Esta não é a primeira vez que a torcida do Botafogo em Nova Friburgo cria um movimento para reunir os alvinegros do município. Durante 15 anos, um grupo de torcedores manteve uma espécie de sede, localizada na Avenida Euterpe Friburguense. O espaço, totalmente decorado com pôsteres, fotos e adereços do alvinegro, reunia dezenas de fãs para assistir aos jogos.

Mesmo com o fim da “Serra Fogo”, como foi batizada a sede, os frequentadores mantiveram a amizade e continuam se reunindo para assistir aos jogos do Botafogo. Porém, em lugares variados. Um dos objetivos do novo movimento é unir novamente o antigo grupo.

Fonte: A Voz da Serra