Na mesma linha do ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, o atual presidente do Botafogo, Nelson Mufarrej, se posicionou contra o retorno imediato das atividades no futebol. O dirigente classificou como “desumano” e “insano” haver treinos presenciais neste período, no pico da pandemia do novo coronavírus.

O Botafogo tem realizado treinos virtuais, à distância, com cada jogador em sua casa.

– Não existe hipótese de colocar nossos atletas em campo, seja para treino ou jogo, sem garantia de saúde. Passamos tanto tempo parados para voltar a ter contato presencial nos treinos justamente no pico, no auge das mortes, no momento que o sistema de saúde está ficando asfixiado? Do que adiantou todo esse período parado? Vamos jogar fora? Além de ilógico e de total desconexão com a realidade, é desumano. Estamos há quase dois meses parados. Retornar agora é insano. Aguentamos dois meses. Aguentaremos mais tempo – afirmou Mufarrej ao site “Globoesporte.com“.

– Não consigo nem prever para você quando vai retornar, tudo depende da evolução. Vai depender do que autoridades sanitárias vão nos relatar e, principalmente, do que o próprio Botafogo vai decidir. Se nós do clube acharmos que não há condições, por mais que todos digam o contrário, não forçaremos nada. No momento eu te afirmo: sem chances – garantiu.

Fonte: Globoesporte.com