Artilheiro do Botafogo na temporada, Pablo Zeballos não terá seu contrato renovado. De volta ao Paraguai, seu país-natal, o atacante é alvo de especulações por lá e desperta o interesse do Libertad e também é falado no Palmeiras. Mas, em entrevista à rádio local 780 AM, Zeballos foi perguntado sobre os motivos que o levaram a deixar o Brasil, e elencou os problemas encarados pelos atletas alvinegros. Segundo ele, a eliminação precoce na Copa Livertadores pesou.

– O problema começou quando fomos eliminados da Copa, todos tinham a pretensão de chegar, mas depois do jogo contra a Unión Española o clube entrou em estado de choque por não chegar às oitavas de final, o presidente deixou de lado a instituição, os salários atrasaram e ficou tudo insustentável, porque as contas ficaram bloqueadas, não podia negociar ninguém e no fim de novembro houve eleições – afirmou Zeballos, fazendo uma análise do seu desempenho:

– A diretoria não pode solucionar os problemas depois de sair da Libertadores. Na parte futebolística fui bem, fui o artilheiro da equipe, foi importante, mas no coletivo a equipe perdeu categoria, aconteceram muitas coisas que não foram boas.

Fonte: Redação FogãoNET e ABC Color