Já chega de tropeços! É com este lema que o Botafogo atravessa a semana que começou ontem. Após apenas duas vitórias em cinco jogos oficiais e mais um amistoso, o Alvinegro terá dois jogos eliminatórios pela frente. O primeiro já é nesta terça-feira, às 21h30, contra a Aparecidense, fora de casa, válida pela primeira fase da Copa do Brasil.

É jogo único. Nesta partida, até que o empate classifica o Glorioso, mas um novo tropeço negativo pode deixar sequelas para uma outra partida igualmente importante: a semifinal da Taça Guanabara contra o Flamengo, no sábado, mas que deve ser neste fim de semana. A vaga na final também será definida em jogo único, mas agora, ao contrário da Copa do Brasil, o empate desclassifica o Botafogo.

Por isso, o treinador Felipe Conceição prega: nada de poupar contra a Aparecidense. É força máxima para passar pela semana sem sequelas.

– Como vou pensar em poupar equipe no início do trabalho tendo que dar entrosamento e ritmo de jogo aos meus comandados? Tem que colocar para jogar. Cada jogo é uma história. Tem pouca pontuação no grupo o Madureira? Sim. Mas fez jogos duros – comentou Felipe.

Sem medo do Flamengo

Conceição ainda garante: vê com bons olhos o fato do Botafogo não ter fugido de um clássico logo nas semifinais. Ainda por cima, com a desvantagem do empate.

– Clássico é sempre bacana. Não escolhi o adversário antes e nem a posição. Vamos enfrentá-los em um jogo de igual para igual. Já não escolhia time antes e não vou dizer que estou feliz ou triste – disse.

Fonte: Terra