Para promover o reencontro entre o Botafogo e os gols, Ricardo Gomes pode apostar numa receita que já deu certo há alguns anos. Compatriota de Loco Abreu, Navarro está pedindo passagem e tem sido testado entre os titulares. A combinação atacante uruguaio e Alvinegro traz boas lembranças e inspira a torcida para o duelo de amanhã, contra o Santa Cruz, em Recife.

jogador estreou pelo Alvinegro no empate com o Criciúma, na penúltima rodada, e deixou boa impressão. No confronto contra o Luverdense, porém, o uruguaio não ganhou oportunidade.

A ausência de gols em duas partidas consecutivas martelou a cabeça de Ricardo Gomes, que, já no primeiro treino da semana, revezou Navarro com Luis Henrique no ataque titular. Navarro convenceu o comandante, que, desde então, passou a testá-lo diariamente na primeira equipe.

Na atividade da tarde de ontem, o técnico despistou e, enquanto permitiu a presença da imprensa, juntou vários atacantes no time. A escolha definitiva deve ficar para hoje e pode mudar a cara do ataque.

“O Navarro fica mais fixo na área e o Luis Henrique também cai pelas pontas. Quem for escolhido vai nos ajudar. São dois jogadores importantes”, afirmou Luis Ricardo.

Aos 30 anos, Navarro tenta seguir os passos de Loco Abreu e alcançar o sucesso no Botafogo. Os dois gols marcados contra o Flamengo, na Libertadores de 2007, abriram caminho para uma empatia com a torcida. Basta agora, em campo, ser decisivo como o ex-camisa 13.

Fonte: O Dia Online