Dentro de campo, Fluminense e Botafogo estão bem, como segundo e terceiro colocados da Taça Guanabara, com oito e sete pontos, respectivamente. Mesmo assim, os dois clubes têm recebido pouco apoio da torcida em jogos contra equipes pequenas. No Campeonato Carioca, registraram, até aqui, menos público até que o Mogi das Cruzes (SP) no NBB (Novo Basquete Brasil).

O time de basquete de São Paulo – que terminou a fase classificatória na quinta posição e vai disputar as oitavas de final a partir de segunda-feira – tem média de 2,1 mil torcedores por jogo. O Botafogo, em oito partidas contra times pequenos no Campeonato Carioca, somou 11.966 pagantes, o que dá média de 1.496. Para o Fluminense, os número são um pouco melhores: 12.913 pessoas e média de 1.614 em oito confrontos contra adversários pequenos no estadual.

A ausência da torcida em peso no estádio prejudicou a renda líquida dos dois clubes nesses quase dez jogos contra times pequenos.

Segundo os relatórios disponíveis no site da FERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), o Botafogo teve prejuízo de R$ 68.383,94 no duelo com menor público, 1043 torcedores, na vitória sobre o Volta Redonda por 2 a 0, na última quarta-feira, em São Januário.

No segundo jogo mais vazio, foram R$ 49.291,22 pelos 1252 pagantes, na vitória por 1 a 0 sobre o Madureira, no dia 20 de março, no estádio De Los Lários, em Duque de Caxias.

O confronto, desses oito, em que o Fluminense menos recebeu apoio das arquibancadas foi na goleada por 4 a 0 diante do Bonsucesso, no dia 3 de fevereiro: 1.116 pessoas e prejuízo de R$ 60.660,38. Quase igual foi o jogo contra o Tigres do Brasil, no dia 14 de fevereiro, que teve mesmo placar. Foram apenas 1.237 pagantes e R$ 59.274,53 negativos na receita líquida. As duas partidas foram no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Na próxima rodada do Campeonato Carioca, o Botafogo tem clássico contra o Flamengo neste sábado, às 16h (horário de Brasília), no estádio Municipal de Juiz de Fora, pela quinta rodada da Taça Guanabara. O Fluminense tem a vida mais tranquila, teoricamente, já que enfrenta o Madureira, mais tarde, às 18h30, fora de casa.

Fonte: ESPN.com.br