Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Novo gringo do Botafogo é carrasco de rival, mas não faz gol há muito tempo

0 comentários

Compartilhe

O mais novo integrante da legião estrangeira que tem passado pelo Botafogo, Zeballos, tem um histórico positivo contra um dos maiores rivais da equipe, o Flamengo. O retrospecto recente do atacante, no entanto, é bem mais preocupante para os alvinegros: depois de ser carrasco do rival, o paraguaio iniciou um jejum de 17 meses.

Zeballos não entra em campo desde novembro do ano passado, quando ainda defendia o Krylya Sovetov, clube russo que defendeu no segundo semestre de 2013, após deixar o equatoriano Emelec, batido pelo Flamengo por 3 a 1 na última quarta-feira, pela Libertadores. O último gol, no entanto, foi em passagem anterior pelo time europeu, no dia 2 de setembro de 2012, contra o Anzhi.

NOTA DA REDAÇÃO FN: Na verdade, Zeballos marcou um gol pelo Emelec em fevereiro de 2013, como prova o vídeo.

Segundo o técnico Eduardo Húngaro, Zeballos não deve ser escalado com a missão de marcar gols no Botafogo. O paraguaio deve ser usado principalmente para a armação de jogadas, embora a possibilidade de utilizá-lo pelos lados do ataque.

“Ele pode ser o 10, como também segundo atacante. Mas, pelas características apresentadas, vejo ele como jogador de organização. Carrega a bola, organiza as jogadas, vai fazer função de meia que chega na frente. Mas pode ser segundo atacante em algumas oportunidades”, adiantou Eduardo Húngaro, que ainda promoverá a estreia do atacante.

Na Libertadores do ano passado, portanto, Zeballos sequer marcou um gol.  O paraguaio era reserva do Emelec, eliminado pelo Fluminense nas oitavas de final da competição. No confronto decisivo com o Tricolor, por exemplo, o atacante atuou apenas por vinte minutos. Ele iniciou apenas dois jogos do time no torneio, de oito compromissos da equipe.

O jejum e os três meses sem disputar uma partida oficial, no entanto, não parecem incomodar o técnico Eduardo Húngaro. O treinador diz aguardar apenas a regularização do paraguaio para começar a utilizá-lo de forma frequente no Botafogo.

O nome de Zeballos já aparece no BIRA (Boletim Informativo de Registro de Atletas) desde a semana passada, mas ainda costa a necessidade de apresentação da liberação da federação russa, onde o atleta disputou seus últimos jogos. Ele, portanto ainda não deve estrear contra o Macaé, neste sábado, em Moça Bonita, pela 12ª rodada do Campeonato Carioca, o próximo compromisso do Alvinegro.

Comentários