Oswaldo de Oliveira divide méritos com sua comissão técnica

Compartilhe:

Após a vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Criciúma, no Heriberto Hulse, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Oswaldo de Oliveira dividiu os méritos pela boa fase do Botafogo com toda a sua comissão técnica. Com humildade, e reconhecendo os méritos do seu trabalho, o treinador disse que a participação destes profissionais, que nem sempre aparecem para a mídia e para o torcedor, têm sido suma importância para que surjam os resultados.

– Não é um trabalho só meu. É claro, a coordenação, enfim, eu reconheço os meus méritos, sim, mas nós temos aqui no Botafogo, um grupo de trabalho excepcional. Eu não falo isso para agradar ninguém. O nosso nutricionista é importantíssimo. Ninguém ouviu falar do Rodrigo Vilhena, mas ele dá condição para o Marcelo Mattos passar pelo cara mais rápido do Criciúma – afirmou Oswaldo, citando outro profissional e toda a comissão técnica:

– O trabalho do Altamiro (Bottino, fisiologista do Botafogo) é importantíssimo. É o trabalho da comissão técnica. Isso tem dado condições ao Octávio, Edilson, Elias, Renato, a dar efeito no campo.

Com a vitória sobre o Criciúma, o Botafogo chegou a 36 pontos, terminando o primeiro turno na vice-liderança, quatro atrás do Cruzeiro, líder com 40. A delegação alvinegra permanece em Criciúma até a tarde de segunda-feira, desembarcando no Rio à noite. Na quarta, às 21h, o time inicia a trajetória no segundo turno contra o Corinthians, às 21h50, no Maracanã.

Para enfrentar o Corinthians, Lodeiro, com a seleção uruguaia, e Jefferson, com a Brasileira, permanecem fora. No entanto, Renan e Seedorf, que cumpriram suspensão diante do Criciúma, reaparecem. A dúvida, porém, fica por conta de Gabriel, o volante, com uma lesão na coxa direita, não tem presença garantida na próxima rodada.



Fonte: Lancenet!
Comentários