Oswaldo destaca parceria com ‘irmão’ Luiz Alberto e brinca com idade do auxiliar

Compartilhe:

O técnico Oswaldo de Oliveira, ao ficar afastado por causa de uma arritmia cardíaca, passou o bastão para o auxiliar Luiz Alberto comandar o Botafogo na vitória por 3 a 1 sobre o Náutico. A parceira de longa data facilita o trabalho da dupla, que está junta há 20 anos entre idas e vindas trabalhando em comissões técnicas, mas se conhece desde a infância.

Luiz Alberto e Oswaldo foram criados em Realengo e jogavam juntos em um time de bairro. O atual auxiliar foi goleiro profissional e campeão do mundo, como reserva, pelo Flamengo em 1981. De volta ao banco de reservas no clássico deste domingo contra o Rubro-Negro, o treinador exaltou a parceria e brincou com a idade do companheiro.

– O Luiz era goleiro lá em Realengo, e eu que era mais novo dois anos. Agora sou dois anos mais velho – brincou Oswaldo, que completa 63 anos em 5 de dezembro, enquanto Luiz tem 61. – É um grande amigo, competente, que milita no futebol a vida inteira. Não é só uma parceria. Nos tratamos e consideramos irmãos pela longevidade da nossa amizade.

Oswaldo, inclusive, pode até não ficar no banco de reservas no primeiro tempo. Ele gostou de observar o time de outra perspectiva, como aconteceu contra o Náutico, e pode ir para o campo apenas no segundo tempo.

Luiz Alberto já teve a chance de ocupar o banco de reservas na vitória por 3 a 1 sobre a Portuguesa, no Canindé, quando Oswaldo de Oliveira foi expulso. Ele foi contratado pelo Botafogo junto com Oswaldo de Oliveira e o preparador físico Ricardo Henriques em dezembro de 2011, iniciando o trabalho em janeiro de 2012.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários