A campanha no Campeonato Carioca foi pífia. O desempenho, no entanto, é completamente diferente quando o assunto são os jogos eliminatórios. Na Copa do Brasil e Sul-Americana, o Botafogo ostenta números incríveis. Um aproveitamento de 100% nos quatro jogos disputados até o momento – Defensa y Justicia (2), Campinense e Cuiabá.

Nesta quinta-feira, o Botafogo volta a campo após ficar de fora das finais do estadual. Encara o Juventude justamente o confronto na competição em que viveu um dos maiores dramas de sua história. Em 1999, o Alvinegro perdeu por 2 a 1 em Caxias do Sul e precisava de uma simples vitória no Maracanã para conquistar o título.

O empate por 0 a 0 frustrou a torcida do Botafogo, que marcou o último jogo com público superior a 110 mil torcedores no Maracanã – havia uma pequena parcela de torcedores rival. O Juventude virou o grande algoz do Alvinegro e traz uma carga emocional para o duelo desta quinta, no Nilton Santos.

Portanto, é animador o fato de o Botafogo estar com ótimo desempenho nos jogos de mata-mata. E isso está muito ligado às atuações de Erik nesses duelos. Para se ter uma ideia, o atacante marcou seis gols em 2019 e cindo deles foram na Copa do Brasil ou Sul-Americana.

Para a partida, o Botafogo teve um período de dez dias de treinamento para ajustar erros que vinham sendo cometido. Um dos líderes do elenco, Gatito Fernández comentou a preparação para o confronto com o Juventude e vê um time mais maduro para a sequência da temporada.

“Acho que o foco principal é a engrenagem do nosso grupo e time em campo. Nesses 10 dias que tivemos de preparação para o jogo caíram muito bem para Zé Ricardo e para nós. Acho que é um ponto que vejo que melhorou. Nosso time está pegando corpo e estamos no caminho certo”, disse o goleiro.

”A melhor maneira de nos afirmar com o grupo é passo a passo. Temos um adversário difícil pela Copa do Brasil. Fazer o nosso melhor no primeiro jogo, depois no segundo. Assim vamos ganhando confiança do grupo e da torcida. É importante trazer a torcida, porque eles são uma força a mais que temos. É a melhor maneira de chegar bem no Brasileiro”, completou Gatito Fernández.

O primeiro jogo contra o Juventude será nesta quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), no Nilton Santos. O segundo e decisivo duelo será no dia 11, outra quinta-feira, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. De acordo com o novo regulamento da Copa do Brasil, não há mais o gol qualificado como visitante.

Fonte: UOL