O Botafogo inicia neste sábado contra o Vitória, às 16h30, no Estádio Nílton Santos, uma sequência de jogos que pode medir sua força perante seus adversários de Série B. Serão quatro jogos no período de dez dias, com o Alvinegro podendo abrir vantagem na tabela e se apresentar como favorito ao título.

Além de enfrentar o Vitória, o Botafogo vai encarar o Paraná, fora de casa, na terça-feira, o Mogi Mirim, no Rio, na sexta, e o Oeste, no interior de São Paulo, no dia 9 de junho. O cenário ideal entre jogadores e comissão técnica, neste início de Série B, é de adquirir uma “gordurinha” de pontos para abrir vantagem das demais equipes.

O técnico René Simões garante que o foco do elenco está apenas em vencer a partida de hoje. O treinador, porém, não nega que a sequência que está por vir alterou alguns dos aspectos da preparação do Botafogo nesta semana completa para treinamentos.

— Teremos quatro jogos em dez dias. Mas, o que preocupa, é o Vitória. Cada dia com seus problemas e suas boas notícias. Isso não quer dizer que não estamos nos preparando. A preparação física fez todo um planejamento pensando nessa situação. Na concentração temos mais jogadores caso seja necessário para as viagens. Mas a hora é de pensar no Vitória — disse o treinador.

Ao avaliar os oponentes do Botafogo, René vê adversários no mesmo nível. Na sua cabeça, a tendência é de uma Série B com muito equilíbrio, com a definição dos quatro primeiros que estarão na Série A em 2016 para as últimas rodadas.

— Não tem ninguém despontando nesse início. Será briga até o final. Não podemos bobear frente a nenhum adversário. Isso mostra que tem muita gente brigando por vaga. O campeonato é muito igual — alertou.

René terá de lidar com um importante desfalque após o jogo de hoje contra o Vitória. O goleiro Jefferson irá se apresentar à seleção brasileira na segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis. Com isso, Renan deve assumir a camisa 1 do Botafogo nos próximos jogos.

Fonte: Extra Online