Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Para fechar com Pablo Zeballos, Botafogo contou com ajuda financeira de empresários

0 comentários

Compartilhe

Sem dinheiro e passando por dificuldades financeiras, a diretoria do Botafogo teve de fazer um grande esforço para contratar o atacante Pablo Zeballos, que estava atuando no Krylya Sovetov (RUS). Depois de ver a negociação praticamente ser encerrada, já que o Olimpia apresentou o jogador no dia 20 de janeiro, o Botafogo contou com um grupo de investidores para recuperar terreno e finalmente selar a contratação.

Para viabilizar o negócio, o Botafogo teve o apoio dos empresários Eder Zenlucas, que tem a representação do jogador no Brasil, e dos sócios dele, a empresa WA Sports, dos irmãos Airton (diretor) e Marcos Martore. O trio tratou diretamente com os representantes do fundo de investimento paraguaio que comprou Zeballos do Krylya, e também cuidou dos trâmites para a liberação junto com os russos.

A compra de Zeballos custou cerca de 1,2 milhão de dólares (cerca de R$ 2,9 milhões de reais) ao grupo paraguaio. Este valor será pago em duas parcelas. A primeira já foi feita, no valor de 800 mil dólares. Para repassar o jogador ao Botafogo, o fundo pediu 300 mil dólares (cerca de R$ 726.960,00) pelo empréstimo, que terá duração de um ano. Como não tinha esse valor para investir, Botafogo e os empresários dividiram o pagamento desta quantia, cada um arcando com 150 mil dólares.

Antes inclinado a colocar Zeballos no Paraguai, os donos do fundo de investimentos foram convencidos a trazê-lo para o Botafogo, já que na visão dos empresários, em General Severiano, o atacante terá melhores condições desportivas e maior visibilidade.

Apesar de ter sido apresentado pelo Olimpia, Zeballos foi inscrito como jogador do Nacional (PAR). O Botafogo aguarda somente a chegada da documentação vinda do Paraguai, assim como o retorno do atacante de Assunção para assinar o contrato em definitivo e apresentá-lo.

Como a liberação por parte da Rússia demorou a chegar na semana passada, o Botafogo não conseguiu inscrever o jogador na fase de grupos da Copa Libertadores. Ele só poderá atuar na competição caso o time se classifique para a fase eliminatórias.

Na última quinta-feira, depois de passar por exames médicos – em que foi aprovado -, Zeballos assinou um pré-contrato com o Botafogo. Na manhã seguinte, ele retornou ao Paraguai para resolver questões burocráticas em relação a sua documentação para trabalhar no Brasil. A situação está praticamente definida e ele é aguardado no Rio no fim da semana.

Comentários