A derrota por 3 a 0 para o Atlético-MG foi um golpe duro para Luis Ricardo. Após falhar no lance do segundo gol, o lateral direito foi escolhido como vilão pela torcida e foi o principal alvo de vaias.

Luis Ricardo foi titular contra os mineiros por conta da ausência de Marcinho, que estava suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em números, a presença do lateral-direito no time este ano dá uma indicação negativa. Nas seis vezes em que ele foi titular, apenas uma vitória.

O titular Marcinho saiu em defesa do companheiro e, em entrevista coletiva ontem, afirmou que o considera um exemplo.

— Infelizmente acontece. Eu mesmo vinha sendo alvo de críticas. Não foi a primeira vez dele, não vai ser a última, mas futebol é assim. Para mim, o Luís Ricardo é um grande professor. É um cara que sabe muito, tem noção do trabalho duro e vai passar por cima disso — disse Marcinho, que hoje já é até mencionado por Tite como possível nome para a direita.

Com 98 partidas pelo clube, Luis Ricardo é um dos mais experientes integrantes do elenco alvinegro. O goianiense veste a camisa do time desde 2015, quando participou do acesso à Série A.

Nesta temporada, esteve em dez partidas, somando seis derrotas e quatro vitórias. Se contar só as partidas em que foi titular, são seis jogos e apenas um vitória, contra o Atlético-PR, em junho.

Já Marcinho deve retornar ao time na quarta, no duelo contra o Palmeiras. Ele não escondeu o orgulho por ter sido mencionado pelo técnico da seleção brasileira.

— Todos vocês podem imaginar a surpresa e a felicidade que tive ao mesmo tempo. Fiquei sem reação na hora, mas é uma surpresa muito boa saber que você está sendo olhado pela melhor seleção do mundo — contou o jogador, de 22 anos.

Os titulares do último jogo do Botafogo, inclusive Luis Ricardo, fizeram apenas trabalho regenerativo ontem. O restante do elenco trabalhou normalmente com o técnico Zé Ricardo no Nilton Santos. Hoje, a equipe treina novamente a tarde e embarca para São Paulo de noite.

Fonte: Extra Online