O atacante Rildo está liberado para defender o Vasco. Nesta quinta-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) derrubou a punição imposta ao jogador pela entrada violenta que acabou lesionando o apoiador do Botafogo, João Paulo. Inicialmente, o atleta vascaíno estava suspenso até o retorno do meia alvinegro, que quebrou a perna, e pode ficar afastado por até 180 dias.

Com isso, Rildo poderá participar da estreia do Vasco, pelo Brasileirão. A equipe carioca enfrenta o Atlético-MG, no domingo, em São Januário. O atacante será julgado novamente no próximo dia 26.

No mês passado, a 5ª Comissão Disciplinar do TJD-RJ votou por suspender Rildo por 180 dias ou até o volante do Botafogo voltar a treinar. O Vasco recorreu da decisão. O procurador-geral do Tribunal, André Valentim, acatou o pedido e concordou com a anulação da primeira decisão. Com isso, Rildo está liberado para atuar até o novo julgamento.

Fonte: O Dia Online