De fora dos últimos seis jogos, o meia Leo Valencia deve voltar aos gramados contra o Atlético-PR, neste sábado. O chileno teve uma contusão na panturrilha, no dia 20 de setembro, na derrota para o Bahia, por 2 a 1, na Copa Sul-Americana. Contratado na temporada passada para ser a principal peça criativa do Botafogo, Valencia engrenou em 2018.

Nesta temporada, Leo Valencia jogou 42 dos 54 jogos do Botafogo. Ao todo foram 16 vitórias, 12 empates e 14 derrotas. Com quatro gols e nove assistências em 2018, o chileno tem 47,6% de aproveitamento no Glorioso. Apesar do time render abaixo dos 50% com o Camisa 10, sem ele, o rendimento alvinegro é pior.

Nos 12 jogos sem Leo Valencia, o Botafogo perdeu cinco, empatou quatro e venceu apenas três vezes. Sem o Camisa 10, a equipe alvinegra tem rendimento de rebaixamento. São 36,1% de aproveitamento sem o chileno. Com Valencia de fora, o Glorioso foi eliminado da Copa do Brasil, para o Aparecidense-GO, e da Copa Sul-Americana, para o Bahia. Além disso, só teve uma vitória nos últimos cinco jogos do Brasileirão.

Há quatro jogos sem vencer, o Botafogo precisa, mais do que nunca, da volta de Leo Valencia. Além disso, a equipe alvinegra não marcou gols nas últimas duas partidas. Portanto, com a criatividade do chileno, é possível que o Glorioso espante a zica, com o meia comandando as ações ofensivas do time.
Gilson e Leo Valencia em treino do Botafogo

Rendimento fora de casa incomoda

Mas o desafio não será dos mais simples. O Botafogo terá que vencer o Atlético-PR, na Arena da Baixada. As duas equipes se enfrentam, neste sábado (27), às 21h, horário de Brasília. Em oitavo lugar, com 40 pontos, o Furacão está na briga por vaga na Copa Libertadores. Além disso, a equipe rubro-negra venceu 11 dos últimos 15 jogos em casa.

Em 13º lugar, com 35 pontos, o Botafogo luta contra o rebaixamento. Para bater o Atlético-PR, o Glorioso terá que melhorar o rendimento como visitante para garantir a vitória. A equipe alvinegra conseguiu apenas seis pontos em 45 possíveis fora de seus domínios.

Fonte: Esporte 24 Horas