Botafogo e Fortaleza chegam para o duelo deste domingo, às 16h (de Brasília), em situações parecidas: ambos saíram derrotados na estreia e, na segunda rodada, venceram. Agora, com transmissão em tempo real do LANCE!, as equipes vão ao Nilton Santos com três pontos, sendo que a de Eduardo Barroca tem a maior responsabilidade de fazer o dever de casa bem feito, novamente.

O Alvinegro tem chamado a atenção pela mudança de característica em campo, optando por um jogo mais associativo e de linhas compactas, visando um protagonismo em todos os confrontos. O mantra para conquistar os resultados a curto prazo, conforme salientado por Barroca, é a coragem.

– Eu quero o meu time com coragem. Jogador que joga em clube grande precisa partir da premissa de jogar com coragem, ter enfrentamento com qualquer equipe. A posse de bola é uma ferramenta que eu consigo ter maior possibilidade de atacar e menor de ser atacado – disse Eduardo Barroca, em entrevista ao programa Seleção SporTV.

– Botafogo tem uma necessidade muito grande de resultado a curto prazo. Esse é o meu objetivo – completou o treinador.

Contra o Fortaleza, a torcida está na expectativa de que o Botafogo volte a apresentar um futebol vistoso e eficiente, como foi no duelo diante do Bahia – em boa parte. Ao LANCE!, o capitão da equipe alvinegra, Joel Carli, destacou a relevância de se não deixar escapar pontos à essa altura, sobretudo em casa.

– Conversamos muito sobre a sequência que teríamos em casa e a importância de bons resultados nesses jogos. Já passamos pela primeira etapa. O Campeonato Brasileiro é muito difícil e acaba sendo complicado se fazer uma projeção, mas vamos tentar conquistar o maior número de pontos nesses jogos – comentou o zagueiro.

Cabe destacar que o Botafogo não reencontrará Kieza, por força de contrato, já que está emprestado ao Fortaleza. A equipe de Barroca deve ser formada com Gatito Fernández; Marcinho (Fernando), Carli, Gabriel e Gilson (Jonathan); Bochecha; João Paulo, Cícero, Rodrigo Pimpão e Erik; Diego Souza.

Fonte: Terra