O Botafogo vai rodar o Brasil na disputa da Série B. Em onze rodadas o Glorioso já esteve pelo Pará, Paraná, Brasília e Ceará, além dos destinos mais próximos. Uma maratona, mas que não pega a comissão técnica alvinegra de surpresa. Preocupada com a logística do time, o Futebol Alvinegro trabalhar para dar as melhores condições de trabalho para os atletas.

Amparados de perto pelo presidente Carlos Eduardo Pereira e pelo vice de Futebol Antônio Carlos Mantuano, o Botafogo, mesmo reduzindo os custos, tem feito um bom trabalho. Contratado após o Estadual, o Preparador Físico Ednilson Sena falou sobre os cuidados necessários da comissão técnica alvinegra. O profissional ressaltou o trabalho feito pelo departamento de fisiologia, nutrição e fisioterapia alvinegra. Um trabalho integrado que rende frutos ao clube, principalmente nas viagens.

– Geralmente temos que nos preocupar com o pós-jogo, com o trabalho de recuperação. Fisioterapia, nutrição, fisiologia… Tudo isso é importante nessa hora. O que nos preocupamos mais é com o descanso do atleta. Fica difícil treinar, então treinamos moderadamente. Não temos nem 48 horas do jogo contra o Ceará, depois tivemos uma viagem longa. Temos atletas que já jogaram 30 partidas na temporada. Então é muito importante nessa hora ter essa sensibilidade, poupar alguns jogadores dos treinos, estar sempre suplementando e descansando o elenco – disse o preparador físico do Botafogo.

O Botafogo segue em Atibaia e irá até Bragança Paulista na sexta-feira, data do jogo contra o Bragantino, às 21h50. O Botafogo lidera a Série B com 24 pontos somados.

Fonte: Site oficial do Botafogo