Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Presidente do Botafogo já foi dirigente no Resende, adversário deste domingo

38 comentários

Compartilhe

Presidente do Botafogo, Durcesio Mello em evento do Resende com o Lyon e Pelé Academia no Campo Nou
Instagram/Pelé Academia

Botafogo e Resende, que se enfrentam neste domingo no Estádio Nilton Santos pelo Campeonato Carioca, têm mais em comum do que a estrela no escudo e as cores: Durcesio Mello, atual presidente do Glorioso, já foi dirigente do clube do Sul Fluminense.

O site “UOL” contou a história. Empresário do ramo da gastronomia, Durcesio foi um dos maiores investidores e também CEO da Pelé Academia, projeto que leva o nome do Rei do Futebol e que foi lançado em 2016 e mantém parceria com o Resende, com um CT para formação de jovens atletas no sul do estado.

– Não só a metodologia que vai estar sendo criada para resgatar um pouco dessa ginga e da arte do futebol brasileiro, mas também começamos a parte física, que é este CT em que a gente está hoje – disse Durcesio, em vídeo da festa de lançamento da Pelé Academia, em dezembro de 2018.

Durcesio não tem mais ligação com o Resende, mas Pedro Mello, seu filho, é o atual diretor de desenvolvimento da Pelé Academia. Em 2019, o Resende formalizou uma parceria com o Lyon, da França, em conjunto com a Pelé Academia, o que gerou até mesmo mudanças no escudo do clube.

A ligação de Durcesio com o Resende gerou polêmica na eleição presidencial do Botafogo no fim do ano passado. Na ocasião, o candidato Walmer Machado usou tal relação como um dos argumentos para tentar impugnar a chapa. No entanto, Durcesio conseguiu concorrer e venceu o pleito com 477 votos.

Fonte: Redação FogãoNET e UOL

Comentários