Na próxima quinta-feira (29), o Palmeiras tem reunião marcada com a diretoria do Bahia para oficializar a contratação do meia Zé Rafael. O time alviverde tem direito de preferência na compra do jogador e irá discutir com o presidente tricolor Guilherme Bellintani e o diretor Diego Cerri os detalhes finais para encaminhar o reforço para 2019.

Entre os pontos que ainda restam para finalizar o acordo, está a possibilidade de o tricolor baiano “barganhar” para assegurar uma receita futura em caso de venda para o exterior.

Pessoas ligadas ao Palmeiras já dão a chegada de Zé Rafael como sacramentada e tratam essas pendências como formalidades a serem cumpridas. O discurso é o mesmo do lado do Bahia, que crava que o negócio será fechado e não existe qualquer chance de melar.

O clube paulista obteve a preferência por Zé Rafael na negociação que mandou o meia Allione por empréstimo ao Bahia. Desde então, tem o direito de ser informado por qualquer proposta pelo jogador de 25 anos e, então, avaliar se iguala as cifras para ficar com ele.

Nos últimos meses, o camisa 10 recebeu ofertas que triplicavam o seu salário, mas que não eram tão vantajosas para o Bahia.

Entre outros clubes, conforme apurado pelo UOL Esporte, o Cruzeiro esteve muito perto de contratá-lo. Em nenhum momento, o meia, ainda assim, mostrou qualquer sinal de insatisfação com as recusas de propostas.

Mesmo sem o mesmo rendimento nesta reta final de Campeonato Brasileiro, fruto de desgaste com a maratona de compromissos recentes, Zé Rafael se sobressaiu por sua resistência física. Ele superou a marca de 100 jogos sem sofrer qualquer lesão desde que desembarcou vindo do Londrina, em 2017. Destes, 67 foram somente neste ano.

No período, com o seu estilo incansável na beirada do campo, balançou as redes 13 vezes e distribuiu seis assistências.
Erik está na mira do Bahia

O discurso é de fortalecer a parceria entre Palmeiras e Bahia, que viu o lateral-direito João Pedro se destacar em empréstimo nesta temporada, no Fazendão, e ser negociado direto com o Porto, de Portugal. Outros nomes do Allianz Parque que passaram por Salvador recentemente foram o meia Allione, o volante Matheus Sales e o zagueiro Thiago Martins.

É por esse motivo que, em tratativa à parte, o Bahia pretende aproveitar o encontro para consultar o Palmeiras sobre três nomes, em especial: o lateral-direito Fabiano, o meia Hyoran e o atacante Erik.

Nenhum deles tem continuidade assegurada na Barra Funda para a próxima temporada.

Além de Zé Rafael, o Palmeiras garantiu a contratação do atacante Arthur Cabral, destaque do Ceará, e o retorno do meia Raphael Veiga, que estava emprestado ao Atlético-PR, como primeiras novidades para 2019.

Fonte: UOL