PVC critica o Botafogo: ‘Está descendo a ladeira e sem freio. Não tinha direito de errar esse ano’

48 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

PVC analisa situação do Botafogo e demissão de Ramón Díaz
Reprodução/SporTV

O Botafogo foi tema de debate no “Bem, Amigos”, por conta da saída de Honda nesta segunda-feira. No programa do “SporTV”, o narrador Galvão Bueno comentou a decisão do japonês de pedir a rescisão contratual.

– Ele tem um lado muito bacana, de auxílio às pessoas necessitadas, me parece ser uma boa pessoa, mas fez reclamações direto nas rede sociais, sem falar primeiro com o Botafogo, criou-se mal-estar. A contusão me parece freio de arrumação nessa história – disse Galvão.

O comentarista Paulo Vinícius Coelho foi além e criticou a gestão do Botafogo durante a temporada.

– Acho que o Botafogo está descendo a ladeira e está sem freio. (Honda) É o fim de uma história. Tem muita decisão errada. O caso do Cícero é muito grave, era jogador importante em dado momento, saiu, foi afastado, quando (Bruno) Lazaroni chegou, decidiu que precisava dele contra o Cuiabá, Lazaroni foi demitido e Cícero foi afastado pela segunda vez. O Botafogo tomou todas as decisões erradas, fez tudo para jogar para torcida. Kalou fez cinco jogos na Bundesliga, Honda fez quatro no Vitesse. O Botafogo não tinha direito de errar esse ano. Se for para Série B, com situação que já é precaríssima, com relatos de que só há dinheiro até fevereiro, como vai se sustentar? – questionou PVC.

– Como esperança, o Fluminense tinha 21 pontos nessa rodada em 2009, o Botafogo tem 23. Mas o Fluminense tinha Fred e Conca – ressaltou.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas