Embora não tenha conquistado título, o ano do Botafogo caminha para um final com saldo positivo. Bem dentro de campo, o clube também conseguiu bons resultados fora dele. Com crescimento de quase 400% nos últimos 12 meses, o programa de sócio-torcedor é um exemplo disso. E para manter o crescimento, a diretoria alvinegra se antecipou e já apresentou as novidades para 2018. Em entrevista coletiva com o Luis Fernando Santos (VP Executivo), Marcio Padilha (VP de Marketing), Anderson Simões (VP de Estádio) e Paulo Kleinberger (VP Administrativo), o Alvinegro lançou os novos pacotes de ST e passou a limpo o rendimento do programa em 2017.

Quanto custarão os novos pacotes? 

Os novos pacotes vão variar de R$ 200 a R$1250. A parcela é única por ano e a quantia pode ser dividida em 10 vezes sem juros. Ao adquirir um pacote, o torcedor garante presença em todo os jogos do Botafogo como mandante no Nilton Santos, com exceção para os clássicos do Campeonato Carioca. Vale lembrar que para comprar uma dessas modalidades é preciso se associar ao Programa Sou Botafogo com mensalidade a partir de R$14,90/mensais, já com o reajuste para 2018.

Pacote Norte: R$200/ano para a renovação e R$220/ano para novas aquisições.

Pacote Leste: R$450/ano tanto para a renovação, quanto para novas aquisições.

Pacote Oeste: R$600/ano para renovação e R$650/ano para novas aquisições.

Camarote Central Leste: R$1200/ano para renovação e R$1250/ano para novas aquisições.

Pacote NBB: R$ 100/ano para assistir todos os jogos do clube como mandante na principal liga nacional de basquete.

Quais são as novidades para 2018? 

O Botafogo irá implementar de vez o sistema de código de barras e QRCode. Isso é: o torcedor poderá entrar no estádio com o ingresso direto no celular. Se hoje o botafoguense precisa trocar o voucher na bilheteria do Nilton Santos, a projeção é para que a entrada seja realizada apenas ao mostrar o código no smartphone.

Outra novidade é o “Programa de Pontos”. O Botafogo vai valorizar o torcedor que vai aos jogos com frequência. Os sócios-torcedores poderão acumular pontos ao realizar o check-in e comparecendo aos jogos, assim como pagando mensalidade em dia e adquirindo produtos na loja de vantagens. Os pontos poderão ser utilizados para promoções, descontos e experiências promovidas pelo clube.

O programa “Carona Alvinegra” é uma tentativa de promover a integração entre os torcedores. O clube lançará um aplicativo para que botafoguenses peguem e ofereçam carona para ir aos jogos.

Entre as novidades, também está a possibilidade de o sócio-torcedor poder transferir a entrada para outro botafoguenses em determinada partida.

Qual a meta para 2018?

“Falar em meta é complicado, depende de outros fatores. Queremos melhorar. Hoje são 37 mil. Podemos chegar a 80 mil sócios”, disse o VP de Marketing, Márcio Padilha.

Fonte: Esporte Interativo