Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Quase corte de Bruno Silva e ousadia no fim: ‘É preciso correr riscos’, afirma Jair

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

O volante Bruno Silva esteve ameaçado de não enfrentar o Figueirense por causa de dores na coxa direita, mas conversou com o técnico Jair Ventura e concordou em fazer um teste no vestiário, momentos antes da partida. O jogador foi aprovado e acabou saindo de campo como o grande destaque do Botafogo ao marcar o gol da vitória da equipe.

Na entrevista coletiva, Jair Ventura disse que Bruno Silva chegou a ser cortado da viagem para Santa Catarina, mas acabou sendo incluído na delegação de última hora. O treinador contou que o volante estava pessimista, mas acabou indo para a partida, jogou o tempo inteiro e ainda marcou o gol da importante vitória.

“Bruno correu demais e acabou ajudando a gente com essa vitória importantíssima fora de casa”, declarou.

Para o técnico da equipe de General Severiano, o Botafogo acabou premiado pela ousadia demonstrada no segundo tempo, quando passou a ser mais ofensivo. Jair disse que a partida foi muito truncada , principalmente no primeiro tempo, mas que na etapa final, o jogo ficou mais solto e o Glorioso acabou sendo premiado.

“Na vida, é preciso correr risco. E acabamos coroados quando o jogo estava acabando”, afirmou.

Para o jogo da próxima quarta-feira, diante do Internacional, na Arena Botafogo, na Ilha do Governador, Jair espera poder contar com o lateral Diogo Barbosa, que sofreu uma entorse no tornozelo direito, mas que apresentou grande melhora e deve treinar nesta segunda-feira.

O atacante chileno Canales, vetado por sentir dores no tornozelo esquerdo, será avaliado pelo departamento médico, mas suas chances são muito pequenas, pois o atleta vinha se queixando há algum tempo das dores que estavam prejudicando o seu desempenho.

Notícias relacionadas
Comentários