Após mais de um ano longe dos gramados, Jefferson voltou a ser relacionado para um jogo oficial do Botafogo. Nesta quarta-feira (20), o maior ídolo recente do Glorioso estará no banco de reservas do Estádio Nilton Santos no clássico contra o Vasco, pela 9ª rodada do Brasileirão 2017.

Da lesão sofrida em maio de 2016 até o jogo desta quarta-feira (21) muita coisa aconteceu. Tanto com Jefferson quanto com o Botafogo.

Em entrevista exclusiva concedida no último mês de maio, o goleiro revelou como uma peça materializou a sua relação de amor com o clube de General Severiano, além de ter falado sobre a disputa por posições com Gatito Fernández e o sonho de disputar a Copa do Mundo de 2018.

Mas Jefferson também falou sobre os momentos mais difíceis desde a rara lesão no tríceps: “Foi dos três meses ao quinto mês. Eu estava praticamente indo para o campo, treinando e não estava vendo evolução nenhuma. Eu ia para casa numa agonia muito grande, porque não estava vendo evolução nenhuma”.

“Chegou um ponto em que eu pensei: ‘não dá!’. Tinham me dado o prazo de três meses para poder jogar, eu já estava há praticamente uns seis e não tinha evolução nenhuma. Aí eu chamei eles [o clube] e disse que ia procurar um especialista. Então acho que do terceiro ao sexto mês foi o período mais difícil para mim” relembrou.

Enfim, toda a espera e trabalho árduo fora dos campos valeram a pena. E mesmo durante todo esse período sem poder fazer o que mais ama, Jefferson foi uma voz ativa dentro dos bastidores do clube, como revelou o meio-campista Rodrigo Lindoso em entrevista coletiva na última terça-feira (20).

“Importante… foram 13 meses. Desde que ele começou a transição, a gente sempre perguntava quando ele ia voltar. E o Jefferson buscava deixar a gente tranquilo. Bom tirar a ansiedade dele, depois de todo esse tempo. Depois que saiu a relação, todo mundo ficou feliz e demos os parabéns para ele. Apesar da experiência, é um momento novo para ele. E o Jefferson agrega muita coisa, sempre nos passa muito. Vai ser muito bom”.

Jefferson vai dar o primeiro passo em busca dos sonhos de títulos e Seleção, e promete uma boa briga por posições com Gatito Fernández – um dos grandes destaques do Alvinegro nesta temporada.

Fonte: Goal.com