Remadora olímpica do Botafogo elogia clube e quer ser modelo

Compartilhe:

Remadora olímpíca, campeã brasileira e carioca, Luana Bartholo está no Botafogo desde março, treinando forte para a disputa do Campeonato Brasileiro, em outubro. Enquanto mira a sua próxima competição, a atleta fez um balanço sobre os primeiros meses no clube, a adaptação, o bom momento do Glorioso no Estadual, os novos companheiros e, como não poderia faltar, do sucesso que vem fazendo na sua carreira de modelo.

“Achei fantástica a recepção dos atletas, diretores e funcionários. Fiquei muito surpresa. O clube é muito família e todos me abraçaram super bem. A equipe técnica tem me dado muito apoio para evoluir. Aqui consegui uma coisa que nunca tive: um barco só para mim. Um skiff. Me deram um barco, o Vega, e estou muito feliz e querendo cada vez mais evoluir para trazer títulos ao Botafogo”, comentou.

Aos 28 anos, dos quais 11 como remadora, Luana disputou as Olimpíadas de Londres, no ano passado, na categoria Peso Leve. Com 1,77m, agora a atleta disputa na Classe Aberta. Feliz com o bom momento do clube na modalidade, Luana espera fazer história no Botafogo.

“O Botafogo está em um momento único. Estamos super bem no campeonato e vamos quebrar um jejum de décadas sem títulos no Estadual. Está tudo caminhando para um momento histórico”, destacou Luana.

Luana é uma das principais atletas da equipe feminina do clube. Mesmo com pouco tempo de casa, ela estimula que as mulheres se dediquem à pratica do remo, usando como argumento a sua promissora carreira como modelo para colocar fim a um mito.

“O nosso esporte tem uma deficiência de renovação. Com essa fase de modelo espero que possa ajudar a acabar com o mito de que a mulher fica muito abrutalhada. No remo as mulheres são fortes, sim, mas também muito bonitas”, encerrou.



Fonte: Site oficial do Botafogo
Comentários