A CBF sorteia na próxima terça-feira o chaveamento da Copa do Brasil de 2015. O sorteio é dirigido, com as equipes divididas em oito blocos, ordenados pelo ranking de clubes. Equipes dentro do mesmo bloco não podem se enfrentar até as oitavas de final, quando um novo sorteio será realizado com as equipes que estão na Libertadores mais o Fluminense, sexto colocado.

O Botafogo está no Bloco A, o mesmo de Flamengo, Grêmio, Santos, Atlético-PR, Vasco, Palmeiras, Coritiba, Goiás e Bahia. Dessa forma, o Glorioso só poderia enfrentar qualquer uma dessas equipes nas oitavas da final. As informações são do Globoesporte.com.

Como integrante do Bloco A, o Botafogo vai enfrentar na primeira fase da Copa do Brasil uma equipe do Grupo E, composto por Santo André, Nacional-AM, Rio Branco-AC, Botafogo-PB, Remo, Londrina, Campinense (PB), Brasil de Pelotas, Vitória da Conquista (BA) e Villa Nova-MG. Desse grupo, destacam-se o Remo, clube de enorme torcida no Pará, e o Londrina, atual campeão paranaense.

Veja como ficou a divisão de clubes:

BLOCO A: Flamengo, Grêmio, Santos, Atlético-PR, Botafogo, Vasco, Palmeiras, Coritiba, Goiás e Bahia

BLOCO B: Vitória-BA, Ponte Preta, Ceará, Sport, Figueirense, Atlético-GO, ABC, Portuguesa, Criciúma e Náutico

BLOCO C: Avaí, América-RN, América-MG, Chapecoense, Paraná, Bragantino, Joinville, Paysandu, ASA e Boa (MG)

BLOCO D: Luverdense, Icasa, Fortaleza, Sampaio Corrêa, CRB, Salgueiro, Caxias-RS, Cuiabá, Madureira e Tupi

BLOCO E: Santo André, Nacional-AM, Rio Branco-AC, Botafogo-PB, Remo, Londrina, Campinense (PB), Brasil de Pelotas, Vitória da Conquista (BA) e Villa Nova-MG

BLOCO F: Confiança (SE), Cene (MS), Santos-AP, Boavista, Coruripe (AL), Princesa do Solimões (AM), Vilhena (RO), Anapolina, Atlético-AC ou Real Noroeste (ES) e Brasília

BLOCO G: Interporto (TO), Luziânia (DF), São Raimundo-RR, Moto Club (MA), Jacuipense (BA), Lajeadense (RS), Globo (RN), Operário-MT, Ituano e Águia Negra (MS)

BLOCO H: Independente (PA), Cabofriense, Estrela do Norte (ES), River (PI), Maringá (PR), Alecrim (RN), Murici (AL), Capivariano (SP), Amadense (SE) e Piauí

Fonte: Redação FogãoNET