Para um time que viveu o drama de mais um rebaixamento para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro em 2014, começar uma nova temporada com vitória ganha ainda mais importância.  Na preleção para a partida contra o Boavista, neste sábado, às 17h, em São Januário, o técnico Renê Simões vai insistir na necessidade de os jogadores esquecerem o que passou e pensem somente na história que poderão construir a partir de agora.

Segundo o treinador alviengro, o compromisso do Botafogo a partir da estreia no Campeonato Carioca será mostrar ao torcedor que não faltará empenho em busca de dias melhores.

“O passado não nos pertence, não temos controle sobre ele. Só temos controle sobre o agora. Do passado, o que conta é essa gloriosa história do Botafogo. A torcida pode esperar muito empenho. O resto são promessas vazias”, afirmou Renê Simões, alertando para a importância de uma vitória sobre o Boavista.

“Tenho poucas informações sobre o Boavista. Mas é uma Copa do Mundo para a gente. Esse será o nosso lema”.

Mesmo com um elenco praticamente todo reformulado, Renê Simóes vê o Botafogo em evolução desde o começo da pré-temporada. Para ele, o período de treinos ainda não é o ideal, mas há indicadores de que o trabalho feito já mostra algum resultado.

“O ideal seria a temporada começar no dia 15 de fevereiro. Mesmo assim estamos evoluindo. No jogo passado (jogo-treino contra o Duquecaxiense), trocamos mais de 500 passes. Queremos chegar aos 700 ainda. Isso não quer dizer que vamos vencer as partidas, mas indica a qualidade que estamos conseguindo”.​

Fonte: UOL