Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

<i>Rival:</i> Com titulares e falhas defensivas, San Lorenzo perde na estreia no Argentino

0 comentários

Compartilhe

Ainda em êxtase com o retorno a fase de grupos da Libertadores, o torcedor  do Botafogo parece ter ficado ainda mais contente com a partida de seu próximo rival na competição, o San Lorenzo. Em duas falhas defensivas de Alvarado e Gentiletti, o atual campeão argentino tropeçou diante do Olimpo, que venceu por 2×0 e iniciou bem a luta contra a degola.

O resultado, no entanto, poderia ter sido outro se o Ciclón fosse mais eficiente em suas finalizações. O atual campeão desperdiçou boas oportunidades durante toda a partida. As melhores sempre saindo dos pés de Romagnoli. Em contrapartida, as falhas defensivas foram constantes desde os minutos iniciais. A dupla de zaga falhou constantemente, principalmente nas bolas aéreas.

Tais falhas continuaram no decorrer do segundo tempo, quando o Olimpo conseguiu os gols. No primeiro, Miralles, ex-Grêmio e Santos, aproveitou que os dois defensores bateram cabeça e praticamente na pequena área, estufou as redes de Torrico. 1×0. Aos 26 minutos do segundo tempo, quatro minutos depois do primeiro gol, outra bola na área e Furios, no meio de Alvarado e Gentiletti, e anotou o segundo.

Com a desvantagem, Bauza, treinador do San Lorenzo, preferiu poupar Romagnoli e Piatti para a partida da próxima terça-feira. Minutos depois, Gentiletti foi expulso devido o segundo cartão amarelo. Ainda assim, o San Lorenzo conseguiu chegar com perigo a meta do Olimpo, mas assim como na primeira etapa, quando estava melhor na partida, não conseguiu o gol, ficando com a derrota após o título argentino.

Comentários