Botafogo terá nesta terça-feira mais uma chance para garantir matematicamente o retorno à elite do futebol brasileiro. Para isso, terá que passar pelo Luverdense, time que ainda sonha em beliscar uma das quatro vagas de acesso da Série B, às 21h30, no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

O Luverdense manteve o sonho do acesso vivo após vencer o Boa Esporte por 2 a 0. O meia Diego Rosa, vice-artilheiro do time na competição e autor do segundo gol do último jogo, não poderá continuar jogando na partida contra o Botafogo. Diego tomou o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão por um jogo. O meia é uma das peças-chave do Luverdense, com nove gols e com quatro assistências até aqui.

Além de Diego Rosa, o treinador Júnior Rocha não poderá contar com o zagueiro Montoya e nem com o atacante Bruninho, que estão se recuperando de lesões musculares.

UM VELHO RIVAL
Campeão carioca em 2011 e 2014 vestindo a camisa rubro-negra, Muralha falou sobre a expectativa de enfrentar mais uma vez o rival, desta vez atuando pelo Luverdense.

“Será mais um jogo difícil mas para continuarmos na briga pelo acesso precisamos dos três pontos. Temos que jogar com sabedoria e inteligência, já que o Botafogo pode garantir o acesso já nesse jogo. A ansiedade deles pode virar a nosso favor”, falou Muralha antes do treino da tarde desta segunda-feira, véspera da partida.

Com 51 pontos e ocupando a 10º colocação, o LEC está a apenas 4 pontos do G4, mas tem muitos concorrentes na briga. Paysandu (52), Bahia, Sampaio Corrêa e Bragantino (54), Náutico e Santa Cruz (55) são os outros clubes que lutam, por enquanto, pela quarta vaga.

“Está uma briga bonita. Vínhamos com a melhor campanha do returno até as duas derrotas seguidas em São Paulo (para Bragantino e Oeste). Precisamos mais do que nunca da vitória e iremos com toda a força pra cima do Botafogo amanhã”, prometeu o camisa 15.

A provável escalação do Luverdense para a partida deve ser: Edson; Raul Prata, Luiz Otávio, Everton e Paulinho; Muralha, Osman e Alípio; Calyson (Carlos Henrique), Lucas Fernandes e Tozin.

Fonte: Futebol Interior