Titular no clássico contra o Flamengo depois da saída de Erik para o futebol japonês, o atacante Rodrigo Pimpão desperdiçou uma grande de marcar para o Botafogo no começo do segundo tempo, quando o placar estava 1 a 1. Ele admitiu que perder chances como essa foram fundamentais para a derrota alvinegra por 3 a 2 neste domingo.

– Eu mesmo tive uma oportunidade na qual saí frente-a-frente com o goleiro, o zagueiro chegou junto comigo e a bola subiu, se eu faço seria 2 a 1 para nós. Não podemos pecar e o Flamengo foi cirúrgico. O resultado não foi justo. O Botafogo buscou, batalhou, merecíamos pelo menos o empate ou, se não, a vitória. Buscamos o jogo, tivemos oportunidades, não conseguimos e acabamos sendo surpreendidos – disse Pimpão na zona mista.

‘Esse jogo vai virar, eu quero ser o vencedor!’ 🎶
Não perca Atlético-MG x Botafogo nesta quarta-feira!
⬇ ACREDITE NA VIRADA E ASSISTA AO VIVO e DE GRAÇA ⬇Como assistir Atlético-MG x Botafogo ao vivo pela Copa Sul-Americana

O atacante também comentou sobre sua substituição no segundo tempo: ele saiu sentindo cansado e com dores musculares para a entrada de Lucas Campos, aos 30 minutos. E prometeu trabalhar mais para melhorar.

– Quando estou em campo, me dedico ao máximo e penso no conjunto da minha equipe. Se eu voltar, ajudar a marcar, e ficar sem perna para atacar, vou ajudar a marcar e talvez fique sem perna para atacar. Já conversei sobre isso, o treinador sabe que pode contar comigo nessa posição, ajudando na marcação nessa linha de quatro, mas que às vezes eu acabo me desgastando demais na marcação e perdendo a força ofensiva. Vou trabalhar isso para ter mais força ofensiva e concretizar essas chances em gols – afirmou.

O Botafogo agora foca na Copa Sul-Americana, já que na quarta-feira enfrenta o Atlético-MG, no Independência, em Belo Horizonte, precisando reverter a derrota no Nilton Santos na semana passada por 1 a 0 para avançar para as quartas de final.

Fonte: Terra