Ruy Castro: ‘Grande parte da torcida do Fla é o desdentado’

Compartilhe:

Os torcedores do Flamengo que decidirem assistir à volta do clube ao Maracanã, neste domingo, no clássico contra o Botafogo, deverá gastar entre R$100 e R$350. Apenas sócio-torcedores têm direito a pagar 50% do valor, além dos já beneficiados pela meia-enrada, pois contribuem mensalmente com o programa. Na opinião do escritor Ruy Castro, fanático pelo Rubro-Negro, a volta do seu time ao estádio carioca revela um processo de elitização do futebol.

– Grande parte da torcida do Flamengo é o desdentado, o desempregado, o popular, que vai a pé ao Maracanã e não precisa daquela quantidade de estacionamento. É triste ter de se submeter a este preço que afasta este tipo de torcedor do campo – disse no “Redação SporTV”.

Visão do campo a partir do nível 5, o mais alto, do Maracanã (Foto: Vicente Seda)
Maraca recebe Fla pela primeira vez desde a reforma (Foto: Vicente Seda)

Castro acredita que o Flamengo é obrigado a cobrar preços altos em função do acordo que firmou com o consórcio administrador do Maracanã. Segundo o contrato, as duas partes vão dividir todas as despezas e lucros, ou prejuízos, da arena, para partidas realizadas até o final do ano.

Na visão do escritor, o Rubro-Negro ofereceria setores populares caso possuísse seu próprio estádio.

– Em relação ao Borussia Dortmund (Alemanha), que pode distribuir ingresso popular no estádio como bem quiser, é tipo de clube que são donos do estádio. Se você é sócio, divide a propriedade com outra instituição, você não pode distribuir a torcida como você quer. Se o Flamengo tivesse o seu estádio, tenho certeza de que 50 ou 60% seria quase de graça, uma antiga geral.

O Flamengo enfrente o Botafogo neste domingo, às 18h30 (de Brasília), pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro.



Fonte: Sportv.com
Comentários