Com os últimos acontecimentos da Série A, o Palmeiras se desmotivou de vez e não quer outra coisa que não seja o recesso para o Natal e réveillon. Já o Botafogo deseja entrar no G-4 de qualquer maneira para não sofrer com o desgaste de quatro jogos preliminares aos grupos da Taça Libertadores da América. O rival de amanhã é o Atlético-PR, que apesar de ocupar a 12ª posição, ainda vislumbra o G-7. Confira estatísticas, palpite e prognósticos deste embate, segundo as casas de apostas esportivas.

Histórico

De 2001 para cá, o Atlético-PR leva vantagem no confronto direto contra o Botafogo. São 13 triunfos rubro-negros, contra oito alvinegros, além de seis empates.

Pelo turno do atual Brasileirão, os oponentes não saíram do 0 a 0, em Curitiba.

Semana importante no clube pode deixar Fogão no G-4

A semana foi importantíssima para o futuro do Glorioso. Começo falando da bela exibição de futebol sobre o Sport, em plena Ilha do Retiro por 2 a 1, gols de Bruno Silva e Marcos Vinícius. A boa atuação foi uma resposta a quem esculhambou com os atletas após o péssimo desempenho que tiveram no domingo, contra o Fluminense.

Agora, o Fogão faz sua última dobradinha no Nílton Santos: somar os seis pontos contra Atlético-PR e Atlético-GO podem deixar o alvinegro entre os quatro melhores da liga. Contra o Furacão, Igor Rabello está suspenso por causa do terceiro cartão amarelo. Emerson Silva entra na zaga.

Para o ano que vem, a diretoria já iniciou conversas sobre a renovação de contrato de Roger.

Em relação ao futuro, o conselho deliberativo aprovou a compra do centro de treinamento, em Vargem Grande. Ali deverá ser o local da pré-temporada de 2019 e também dos treinos dos profissionais e das categorias de base durante o ano regular. Resta saber o que a Estrela Solitária fará com os terrenos de Marechal Hermes e Caio Martins.

É tudo ou nada

O revés diante do Corinthians teve um sentimento de decepção. Não apenas pelo fracasso nos 90 minutos, mas também pelo terceiro duelo seguido sem vitória e pelo distanciamento da vaga na Libertadores, que era o objetivo inicial da agremiação. A nova meta desde então é a de ganhar as cinco pelejas derradeiras, somar 15 pontos e garantir presença na contenda sul-americana. Um tanto irrealista, não?

Contra o Timão, Nikão perdeu uma penalidade máxima e declarou que não bate mais pênalti com a camisa atleticana. A torcida pegou no pé do capitão Weverton. Para encarar o Botafogo, Fabiano Soares conta com os retornos de Guilherme (barra Felipe Gedoz) e de Sidcley (no lugar de Fabrício).

Possíveis escalações

Botafogo: Gatito Fernández; Arnaldo, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso, Bruno Silva e Marcos Vinícius; Rodrigo Pimpão e Brenner. Técnico: Jair Ventura.

Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Paulo André e Sidcley; Pavez, Lucho González e Guilherme; Lucas Fernandes, Ribamar e Sidcley. Técnico: Fabiano Soares.

Serviço

Desde segunda-feira estão à venda os ingressos do espetáculo. Os preços variam entre R$ 10,00 e R$ 60,00.

Os portões abrem duas horas antes do horário da partida.

Fonte: Torcedores.com