O holandês Seedorf passou por diferentes clubes e países e com isso atuou ao lado de alguns dos maiores jogadores do mundo. Mas foi na Itália, mais precisamente na Inter de Milão e no Milan, que ele encontrou o maior parceiro do futebol, o brasileiro Ronaldo.

“Ronaldo foi o maior jogador que eu joguei. Ele tinha um pensamento muito maior do que os outros, uma visão diferente”, disse Seedorf durante participação no programa Bola da Vez, da ESPN Brasil.

“Ele era muito objetivo. Tudo o que ele fazia era para concretizar uma jogada”, explicou o holandês.

Sobre sua escolha pelo Botafogo e as cobranças que tem recebido durante a passagem pelo Brasil, Seedorf foi categórico ao afirmar que escolheu o Glorioso pelo projeto que foi apresentado.

“O Botafogo era o clube com mais fome, com mais vontade de conquistar algo. Diferente de outros times, era um time que não tinha conquistado tantas coisas. E eu queria viver isso”, afirmou o jogador.

Totalmente em casa, o atleta, que já morou em diversos países e passou diversas experiências, agradeceu a oportunidade de viver no Brasil.

“Essa experiência me fez crescer muito, e poucas pessoas têm essa chance. Eu que tenho que agradecer pela oportunidade de poder viver no Brasil”, completou.

Sobre a polêmica com Paulo Henrique Ganso – Seedorf disse que o jogador não teria espaço para jogar na Europa -, o holandês revelou que espera que Ganso tenha levado a crítica numa boa.

“Espero que ele tenha levado numa boa, que tenha levado as minhas palavras da forma certa. Seria um prazer trabalhar com ele, mas acho que ele precisa de mais ambição”, finalizou o jogador.

Fonte: UOL